So, you’re starting a PhD?

Sempre que comento que faço um doutorado, sinto que é difícil explicar qual a extensão de comprometimento algumas vezes é necessária para fazê-lo. Quando leio artigos e reportagens que falam sobre os desafios, especialmente psicológicos e sociais relacionados à pós-graduação, vejo que não sou o único que passa por dias difíceis. No entanto é sempre importante exercitar nossas mentes a ver o lado bom desta jornada. Este post do “The Thesis Whisperer” , apesar de começar falando das dificuldades, nos convida a ver o “silver lining” do PhD. Pessoalmente, meu doutorado é um caminho para me preparar para os desafios da docência e pesquisa. Já aprendi muito nestes 5 anos de pós, tanto na área acadêmica quanto profissional. Aprendi principalmente a ter paciência e serenidade diante da vida. Muitas vezes nos veremos diante de problemas de variados tamanhos, e muitas vezes grandes “demais”. O doutorado nos ensina (ou melhor, aprender por meio dele) a sobreviver a estes “elefantes”, uma mordida por vez. Fora todo o auto-conhecimento adquirido nesta etapa, fundamental em qualquer aspecto da vida. Fica a reflexão e a recomendação de leitura àqueles que não pensam, ou aos que cogitam a pós-graduação. Como tudo na vida, tem seus prós e contras, e como em alguns momentos da vida, é importante nos lembrarmos que os prós também existem.

The Thesis Whisperer

This month, all around Australia, there will be a whole crop of PhD students starting their degree. It’s an exciting time, but a nerve-wracking one as well. Here’s another post to help you start your journey!

This post is by Erika Harris, PhD Candidate. Erika has a Master’s degree in Education, General Education and has worked in instructional design and development in both corporate and higher education settings in the U.S & Australia. Currently Erika is an educational developer, elearning, for RMIT designing online and hybrid courses working with academics in the higher education and vocational education sectors. In this post Erika reflects on the advice given about why NOT to do a PhD and why you would still give it a go anyway.

I am a new PhD student, and have been reading and conversing with current and past PhD students and have come to the sad conclusion…

Ver o post original 665 mais palavras

Anúncios

Faça comentários com sugestões, dicas, palpites. Ajude o blog e seus leitores!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s