[Evento] Second Brazilian Meeting on Research Integrity, Science and Publication Ethics

ImageEntre 28 e 1º de junho será realizado o II BRISPE –  Second Brazilian Meeting on Research Integrity, Science and Publication Ethics. O objetivo do evento é discutir questões relacionadas a boa condução de pesquisas científica, desde a ética científica até a escrita de artigos. O evento será realizado em três locais distintos, iniciando-se na COPPE (UFRJ), no Rio de Janeiro (cujas inscrições para o primeiro dia de evento já estão encerradas), e também com encontros na FIOCRUZ (também no Rio), na USP e na PUCRS.

Um workshop muito interessante do evento é o “Workshop for Young Researchers:  on writing and publishing science”, uma ótima forma de descobrir o mundo das publicações científicas por pesquisadores de primeira viagem.

[II BRISPE]

Engatinhando em programação web

A alguns dias atrás decidi me aventurar a aprender programação para web, por conta própria. Na verdade esta aventura havia se iniciado a vários anos, quando vi que isto era algo que poderia me dar algum benefício futuro. HTML, CSS, Javascript, JSP, Ajax… já li e ouvi muitas destas siglas, e até sei o que significam e porque cada uma destas “tecnologias” (sei que estou utilizando um termo genérico, mas vamos deixar assim enquanto não encontro nada no momento que possa definir o que são todas as siglas), mas uma coisa é saber, a outra é usá-las.

Acho que o que faltava era uma motivação para começar a estudar. Bom, eis que achei algo, simples porém útil (de certa forma): minha página pessoal. Como um pós-graduando, alguns podem pensar inimaginável não ter uma página web pessoal, contendo informações de contato, publicações, interesses de pesquisa e uma bio. Eis que eu não tenho. Ainda.

Me lembro meu ponto de partida para aprender HTML foi o site W3CSchools. Este site contém vários tutorias. As siglas que eu mencionei aí em cima são os principais tutoriais que vão interessar os novatos no mundo da programação web. Minha dica pra quem sabe 0% de HTML é entender o que ele é (não uma linguagem de programação, mas de marcação), depois seguir para o que cada uma das marcações fazem, quais são as principais marcações utilizadas, e a partir daqui você já deve estar seguindo por conta própria.

Página pessoal v.1.0
Página pessoal 1.0 . A parte branca faz parte da página.

Hoje em dia HTML sozinho não vira uma página bonita como a deste blog (não é). E é aí que o CSS (Cascading Style Sheets) faz sentido. Na verdade, ele vai fazer realmente sentido quando você notar que um mesmo arquivo .css pode  servir pra várias páginas, padronizando seu site. Aí você verá todo o “poder” do CSS. 

Por fim, você verá uma página muito bem construída pois você é um ótimo designer (ou não), mas morta. Digo isto pois não haverá processamento, não haverão belas transições como se vê em tantas páginas, apenas conteúdo não-manipulado. Um dos “culpados” por isso é o Javascript, uma linguagem de programação (aí sim) de script das mais comuns no “mundo da internet”.  Para os familiarizados com linguagens de programação, podem haver algumas dificuldades, dependendo de sua linguagem favorita. Mas nada que o tutorial da W3CSchools não resolva, no início.

O combo HTML+CSS+Javascript vai te dar a capacidade de criar páginas úteis, sem dúvida. Caso queira se aventurar ainda mais, PHP é o nome (ou a sigla) que vai te dar mais “poder” ainda para manipular seu conteúdo na web. Mas minha sugestão (e a de um amigo) é começar com este combo, que muito provavelmente lhe ajudará a realizar muitas das tarefas (se não todas) que você estiver pensando neste momento em fazer na web. Força nos estudos!